Eixos Temáticos

O Seminário está organizado em distintas atividades, com conferências e mesas-redondas e GTs para apresentação de trabalhos dos participantes. O título do I SIEEGI é “Desenvolvimento e Soberania na América do Sul”, apresentando três eixos temáticos principais: (I) Perspectivas para o Desenvolvimento; (II) Geopolítica, Estudos Estratégicos e Defesa; (III) Desafios para a Integração Regional.

 

Dia: 20 de junho de 2018

Eixo 1. Perspectivas para o desenvolvimento na América do Sul

Descrição do Eixo:

Este eixo tem por objetivo debater as perspectivas para o desenvolvimento e o desenvolvimentismo na América do Sul e América Latina/Caribe, a partir de diferentes perspectivas  latinoamericanas, heterodoxas e desenvolvimentistas, abordando temas como:

  • Desenvolvimento e Soberania, Políticas de Desenvolvimento, Desenvolvimento Econômico, Desenvolvimento Social, Desenvolvimento Socioeconômico, Desenvolvimento e distribuição de renda, Desenvolvimento na América Latina, Desenvolvimentismo Latino-Americano, Perspectivas e desafios para o Desenvolvimento dos países da na América do Sul América Latina;
  • Desenvolvimentismo, Teorias do Desenvolvimento, Teorias Econômicas do Desenvolvimento, Economia Heterodoxa, Keynesianismo, Economia Política do Desenvolvimento, Economia Política Internacional, Teorias Latino-Americanas do Desenvolvimento;
  • Indústria e Desenvolvimento, Política Industrial, Desenvolvimento Industrial, Desenvolvimento Tecnológico, Políticas de Inovação e Desenvolvimento Tecnológico na América Latina, Perspectivas para a (re)Industrialização frente aos desafios da desindustrialização na América Latina;
  • Infraestrutura e Desenvolvimento, Investimentos em Infraestrutura e Crescimento Econômico, Contribuições da Infraestrutura de Transportes, Energia e Comunicações para o desenvolvimento, Desafios para o Financiamento da construção de Infraestrutura, Infraestrutura na América Latina;
  • Recursos Naturais e Desenvolvimento, Soberania sobre os Recursos naturais e energéticos, Controle de recursos naturais e soberania, Energias alternativas e renováveis e desenvolvimento mais limpo;
  • Interiorização do Desenvolvimento, Desenvolvimento Local,  Desenvolvimento das regiões de Fronteira, Desenvolvimento das faixas de Fronteira, Desenvolvimento na Amazônia, Desafios para o Desenvolvimento nos países mais pobres da América do Sul e América Latina/Caribe, Desenvolvimento e Integração Regional na América do Sul;

 

Dia: 21 de junho de 2018.

Eixo 2. Geopolítica, Estudos Estratégicos e Defesa

Descrição do Eixo:

Este eixo tem por objetivo abordar e discutir a realidade geopolítica, estratégica e da defesa para os países da América do Sul, tendo em vista a necessidade de se debater os desafios para a soberania dos países da região, tratando de temáticas como:

  • Geopolítica clássica, Teorias e Modelos Geopolíticos, Teorias Geopolíticas, Escolas de Pensamento Geopolíticas e Pensadores Clássicos da Geopolítica, Contribuições da Geopolítica Clássica para a análise da realidade sul-americana contemporânea;
  • Geopolítica Contemporânea e novas geopolíticas, Geopolítica do Sistema Mundo, Geopolítica dos países Emergentes, Geopolítica das Relações Sul-Sul, Geopolítica das Comunicações, Geopolítica da Energia e dos Recursos Energéticos, Geopolítica dos Blocos Regionais de Poder e dos processos de Integração Regional;
  • Geopolítica Sul-Americana e Latino-Americana, Geopolítica da América do Sul, Geopolitólogos e Pensadores sul-americanos da Geopolítica, Geopolítica dos processos de Integração Regional na América do Sul e América Latina;
  • Estudos Estratégicos, Análise de Estratégia, Operações e Tática, Grande Estratégia, Política Externa e de Segurança;
  • Estratégia de Defesa, aquisição de capacidades de defesa, Defesa e Soberania, Ameaças à Soberania dos países latino-americanos;
  • A Política das Grandes Potências, os conflitos e as Guerras contemporâneas, Conflitos entre as Grandes Potências, Impactos das Guerras Centrais,  Intervencionismo, Guerras Convencionais e não Convencionais nos países periféricos, Guerras de Libertação Nacional,  Guerra Híbrida, Revoluções Coloridas, Inteligência e contra-inteligência;
  • Segurança Internacional, Segurança Regional, Segurança na América do Sul, Segurança na Tríplice Fronteira;
  • Cooperação internacional em Defesa, a UNASUL e o Conselho Sul-Americano de Defesa, Política Industrial de Defesa, Indústria de Defesa, Cooperação Tecnológica em Defesa, Integração de Indústrias de Defesa na América do Sul;
  • História das Guerras na América Latina, Forças Armadas na América do Sul, relações civil-militares na América do Sul e América Latina/Caribe.

 

Dia: 22 de junho de 2018.

Eixo 3. Desafios para a Integração Regional

Descrição do Eixo:

Este eixo tem por objetivo debater os desafios e as perspectivas para os multiplos processos de formação de blocos regionais e de integração regional em andamento na América do Sul e América Latina/Caribe, abordando temas como:

  • Processos de Integração regional, Blocos Regionais, Cooperação Regional, Regionalização, Teorias e modelos explicativos da Integração Regional;
  • Integração Política e Institucional, Integração Intergovernamental, Integração Supranacional, Integração de Políticas Públicas, Institucionalização da Integração e organizações regionais, CEPAL, ALADI, MERCOSUL, UNASUL, CELAC, Pacto Andino, CAN, CAF, ALBA, OLADE, AEC, SELA, CARICOM;
  • Integração Econômica, Integração Comercial, Integração Produtiva, Integração Financeira;
  • Integração Sociocultural, Integração Educacional, Processos de construção de identidades regionais, Livre circulação de pessoas e Integração, Turismo e Integração, Integração de Políticas Sociais;
  • Cooperação e Integração em Segurança e Defesa, Integração de Políticas de Defesa, Comunidade de Segurança e Comunidade de Segurança Regional, Coalizões e Alianças Regionais;
  • Integração de Infraestrutura, Infraestrutura para a Integração, Integração da Infraestrutura de Transportes (hidrovias, ferrovias, rodovias, dutos, portos e aeroportos), Integração da Infraestrutura de Comunicações (redes de fibra ótica, redes de transmissão por microondas, satélites), Integração Logística, Integração Energética;
  •  Integração Latino-Americano e Caribenha, Integração Sul-Americana, Integração no Cone Sul;
  • Processos de Integração Regional em perspectiva comparada, A América do Sul diante dos processos de Integração na África, Ásia e Oriente Médio; Conflitos, Cooperação e Integração Regional na África, Ásia e Oriente Médio.

 

Para ver mais detalhes sobre a Programação clique aqui.

Para realizar sua inscrição clique aqui.

 

Anúncios

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: